sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Oração de São Francisco de Assis

Dedico essa prece a todos os meus alunos.
Do menor ao maior.
Que a caridade de Deus acompanhe seus passos,
na sua peregrinação pela face da Terra
e que seus dias sejam plenos de alegria e bênçãos.


Oração de São Francisco de Assis


Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

domingo, 18 de outubro de 2009

O Amor


Rafaela Mildemberg - 7ª série D

O Amor


Kaoana Faria - 7ª série D

Fome e miséria até quando?

Imagem: Ganhadora do Prêmio Pulitzer em 1994 e publicada pelo The New York Times,
a foto foi tirada em 1993 no Sudão, pelo fotógrafo sul-africano Kevin Carter(1960-1994).


Milhões de seres humanos padecem de fome no mundo.
E nós ainda nos queixamos por comer comida de um dia anterior.
É muito fácil falar de fome quando não convivemos com ela.
Enquanto uns ficam se lamentando por não usufruir de futilidades,
outros morrem por não ter um simples prato de comida.

Texto de Paulo Poletto - 5ª série D

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O mistério da ilha (HARPER´S ISLAND)

Hebbie é a melhor amiga de Henry.Eles moram em uma ilha, chamada “ilha de Harper”. Hebbie mora com seu pai que era xerife da ilha e sua mãe, Henry, mora com seus pais adotivos, nunca conheceu seus pais de sangue. Certo dia, os pais adotivos de Henry, decidem sair da ilha,ir morar em outra cidade. Henry,infelizmente,tem de se despedir da sua melhor amiga, Hebbie diz, e ele que, não queria que ele fosse embora, e que, gostaria que os dois vivessem juntos e sozinhos. Ao ouvir isso,a reação de Henry,foi de felicidade, por saber que Hebbie, o ama tanto, mas realmente, ele teve de partir. Muito tempo depois, Hebbie já era adolescente,(certamente Henry também), Hebbie, namorava um nativo da ilha(Jimmy).Certo dia, ao chegar em casa, Hebbie chamou a seus pais, o silêncio a preocupa, fazendo com que ela vá a varanda procurá-los. Ao chegar lá, Hebbie avista sua mãe, enforcada em uma árvore, espantada, enxerga um homem,(provável assassino). Hebbie se desespera e sai correndo atrás de seu pai, com medo que aquele homem a tenha visto. Ao encontrar seu pai, Hebbie conta o fato ocorrido, e seu pai diz ter visto o assassinato, e que sabia o nome do assassino: Wakefield. Disse que saiu correndo até Hebbie, para falar a ela para sair da ilha, para superar o trauma. Hebbie obedece o pai, e vai para mesma cidade onde Henry foi morar, ela vai em busca da sua velha amizade com ele, e vai embora, sem se despedir de Jimmy. Lá Hebbie reencontra seu amigo Henry. Ele fica feliz com sua chegada, e lhe mostra sua namorada Trych, e seus novos amigos. Ele diz que voltará a ilha de Harper, para comemorar o seu noivado com Trych, antes do casamento. Entao convida Hebbie, para ir junto, com os amigos de Henry, para a comemoração, Hebbie aceita. Quando já estavam na ilha, Hebbie acerta seu antigo relacionamento com Jimmy. Os convidados, se instalaram em um hotel da ilha, junto a Hebbie. Mas alguns dias depois da chegada dos convidados na ilha, ocorreram assassinatos, envolvendo os convidados, as únicas pessoas vivas são; a noiva, o noivo, Hebbie e Jimmy, a Irma da noiva, a afilhada da noiva. Todos acham que Wakefield voltou, e ele está matando todos. Mais um dia de sobrevivência, Trych descobre que Wakefield tem um cúmplice e conta a Henry, ele diz ser o cúmplice cravando uma faca no abdômen de Trych. Então Henry vai em busca de Hebbie para contar-lhe a verdade, pois não tem coragem de matá-la, encontrando-a, lhe conta tudo e fala que fez isso por ela, pois há muito tempo, Hebbie tinha lhe contado que gostaria de viver somente com ele, e que fez isso para felicidade dela, e ainda que o casamento era um pretexto para que Hebbie voltasse a ilha, para que lá vivessem, sem ninguém. Ele também contou a ela, que há muito tempo, Wakefield, lhe procurou falando que era seu pai e que sua mãe era a mãe de Hebbie, por isso a matou, de raiva, pois ela o traiu, com o pai de Hebbie. Entao, juntou-se com Wakefield, pela mãe ter-lhe abandonado. Falando isso completou: irei matar Jimmy, para que o serviço fique completo. Ouvindo isso, Hebbie o matou, mas o amava, ainda que ele tendo lhe causado tanto desgosto.
Hebbie vai embora da ilha, com Jimmy a salvo.

Essa série pode ser comparada com a vida real. Pois existem no mundo pessoas como Henry.



Eu achei muito interessante a história, pois , atrás de uma amizade, existe um coração doentio.

Giovana Ferreira - 5ª série D

O Amor

O amor é um sentimento que brota dentro do nosso coração,
Quando destruímos o amor , nosso coração fica quebrado, igual o vidro,
Que cai no chão.

Temos que valorizar esse sentimento tão bom,
O amor não é igual os números,
Que nunca vão ter começo e nem fim.

Carolina Cieslinski Farinhack - 5ª série D

Código nerd (inspirado no Código Jedi e no Código Sith)


Não há burrice, há conhecimento
Não há guerra, há diplomacia
A inteligencia é nossa arma
Não tenho medo, só não gosto da guerra
Um nerd é feito para usar a diplomacia a seu favor sem combate físico com o oponente
Em qualquer situação, momento e lugar.
Um nerd sempre está pronto para honrar e seguir este codigo,
tanto na derrota quanto na vitória.


Mateus Vitorino - 5ª série D

O Amor

Eu realmente nunca procurei
A palavra amor no dicionário
Tanto no livro
Quanto no meu dicionario da cabeça

Mas
Se eu tirasse
A definição não-acadêmica
De mim mesmo,
Seria gostar muito
E incondicionalmente
De determinado
Animal, objeto ou
Pessoa.

Mateus Vitorino - 5ª série D

O Amor

O amor é difícil de explicar
Pode ser bom e ao mesmo tempo ruim
O amor pode deixar saudade, lembrança e lágrimas.
Ąs vezes o amor é como as estrelas
Posso vê-las mas não posso tê-las
O amor é como um sonho , flores
Como o sol que queima
O amor é a vida em movimento
É o vento que sopra
O amor é ...
Resumindo em uma palavra
INEXPLICÁVEL .

Letícia - 7ª série D

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Orquestra Sinfônica

Titulo: Vigésimo primeiro concerto - Orquestra Sinfônica do Paraná

Data:07/10/09

Programa: Haydn, Joseph - sinfonia nº 104
1. Adágio-Allegro
2. Andante
3. Menuetto-Allegro
4. Finale-Spiritoso

Brahms, Johannes - sinfonia nº 4
1. Allegro non troppo
2. Andante moderato
3. Allegro giocoso
4. Allegro energetico e passionato
Maestro: Hans-Peter Frank

Local: Teatro Guaíra

Eu achei que foi maravilhoso todo o concerto, a 1ª parte (Haydn) foi mais legal que a 2ª (Brahms), ambas tiveram vários solos de instrumentos de sopro muito legais, de arrasar, e depois no final, os aplausos duraram horas, foram os maiores que eu ouvi na minha vida.
Eu recomendo.

Mateus Vitorino - 5ª série D

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Influenza A

Letícia - 7ª série D

Influenza A

Rafaela Mildemberg 7ª SÉRIE D

Livro - Fortaleza Digital - Dan Brown

O livro Fortaleza Digital conta uma história fictícia que envolve a NSA (Agencia de Segurança Nacional) e seu super computador usado para decodificar algorítimos, até que um dia ele recebe um algorítimo inquebrável.
Os personagens principais são: David, Susana Fletcher e Stratmore, o vice diretor da NSA.
Eu achei o livro um dos que mais me ensinou culturalmente, ele tem capítulos pequenos, acho que todos os livros de Dan Brown são assim, mas eu só li este e o Ponto de Impacto.
A história é muito instigante, tem vários caminhos a seguir deixando um mistério enorme.


Mateus Vitorino - 5ª série D

Star Wars

Resenha
Star Wars - A Guerra dos Clones (The Clone Wars)

Diretor: Dave Filoni (desta ves não foi o Lucas)

Titulo Original: Star Wars, The Clone Wars

Ano: 2008

Produtora: Lucasfilm

No mítico universo de Star Wars, durante as guerras clônicas, o filho de Jabba The Hutt foi sequestrado pelos separatistas, e a república tenta resgatá-lo para ter passagem livre pelas rotas de comércio dos hutts, para isso designaram Anakim Skywalker e sua nova padawan: Ashoka Tano, enquanto Obi-wan negocia com Jabba.
O filme é ótimo não só em termos de história, mas também nas suas imagens e na sua trilha sonora que sempre em sintonia perfeita com a imagem é otima apesar de não ser cantada, a maioria música clássica
Eu achei que o filme em animação revelou muitas coisas que não foram sequer mencionadas nos outros filmes da série, ele também apresenta novos personagens: Assaj Ventres, Ashoka Tano e o capitão Rex, acho que faltou mais destaque para o general Grevous, que fez uma pequena aparição no começo, na parte do cruzador separatista.
No geral a obra é boa com cenas emocionantes de combates, tanto de blasters como de sabres de luz e de combates mistos com sabres e blasters.
Eu recomendo por todos os motivos acima e ainda mais por ser do universo expandido de Star Wars.

Mateus Vitorino - 5ª série D

Preconceito

Giovana, Ana Paula e Larissa - 6ª série D

Fábula: O cão e a Sombra

O pedaço de carne caiu na correnteza e lá se foi...

Camilla Klemtz - 5ª série D